Sábado, 27 de Fevereiro de 2010

comentadores

Ainda não consigo entender como é que foi acontecer tal desgraça na Ilha da Madeira, o que não falta pela nossa praça são as provas que existem de avisos de cientistas para o mal que aí vinha, é incrivel a quantidade de entendidos na matéria que temos no nosso país, é que faz hoje oito dias que o mal se abateu sobre aquela gente, e ainda aparecem, vindos não se sabe bem de onde, certas almas com ganas de comentar o que já foi exaustivamente debatido, a verdade é que alguns deles até conseguem mesmo ser entendidos em tudo e mais alguma coisa.

 

Em relação a outra desgraça, que é o estado em que se encontra este país, o que não falta por aí, é quem diga que da maneira que está a ser governado, as coisas não vão acabar bem, no entanto não vejo que se faça alguma coisa no sentido de minimizar futuros danos, e ao que parece não vai ser preciso que caia um diluvio como na Madeira para que tais anunciadas desgraças aconteçam.

 

Pelo menos de uma coisa podemos estar tranquilos, é que gente para comentar não irá faltar. 

publicado por pomordez às 10:10
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Quarta-feira, 24 de Fevereiro de 2010

Solteiros e bons rapazes

...Meu estimado amigo, não sou de rezas nem de beatices, bem sabes, mas julgo que um pouco de Deus não faria mal a esta gente, embora tenha a convicção de que um descrente, sendo culto e educado, pode ser um cidadão tão exemplar como o mais santo dos santos. O pior foi este governo ter-se tornado ateu antes de ser culto e educado. Se fosse culto, não julgaria que escrever leis é governar; se fosse educado, não se arrogaria o direito de fazer dos corredores do poder uma imensa e lamentável Travessa do Fala-Só. E já consta nos círculos de má-língua lisboeta – os do costume – que o presidente do ministério, que defendeu em pessoa a lei nas Cortes, prepara uma lei em que seja reconhecido o direito de quem quiser se casar consigo mesmo. A isso se há-de chamar casamento unipessoal. ...

(retirado de correspondencia de Fradique Mendes, de Eça de Queirós.)

publicado por pomordez às 11:59
link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 12 de Fevereiro de 2010

Angra do Heroismo

Hoje fui até ao pátio da alfândega, olhei para um lado, e a obra do hotel marina estava parada, olhei para o outro, e o clube náutico ainda não tinha sido requalificado, olhei em frente, e não havia cruzeiros nem cais destes, olhei de roda, e não vi maricas nem engraxadores,  fechei os olhos e vi nada. Ah! abri os olhos e vi um cagalhoto de cão, olhei para ele mas não me passou cartão, dei meia volta e andei. 

 

Não me sai da cabeça uma frase que  li ontem             "Que fio condutor pode ligar nada a coisa nenhuma?" (Jorge Forjaz) 

publicado por pomordez às 16:34
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Quinta-feira, 4 de Fevereiro de 2010

Rabilhos

Os Rabilhos são restos de folhas, pequenos troços de beterraba e ervas infestantes obtidos através da lavagem da beterraba. São fornecidos em fresco, a granel e destinam-se igualmente à alimentação animal.

 

 

A beterraba sacarina (Beta vulgaris L.), é uma planta da família das Amaranthaceae que contém nas suas raízes uma elevada concentração de sacarose, razão pela qual é cultivada nas regiões temperadas para produção de açúcar e de etanol.

 

 

 

1 Tonelada de Beterraba = 130kg de Açúcar

 

 

O Governo Regional dos Açores anuncia a aquisição, por 800.000 euros, de 51% do capital da açucareira SINAGA, a única empresa transformadora de beterraba existente em Portugal.

 

Em Portugal existem duas fábricas de açúcar de beterraba sacarina: a DAI - Sociedade de Desenvolvimento Agro-Industrial SA, localizada em Coruche e uma outra implantada em Ponta Delgada, na Região Autónoma dos Açores

 

 

"Acreditamos na viabilização da empresa", afirmou o vice-presidente do Executivo regional, Sérgio Ávila, numa conferência de imprensa em Ponta Delgada

 

“a manutenção dos cerca de 120 postos de trabalho directos e a importância que reveste na manutenção da produção de açúcar e álcool açorianas, na redução das importações e no incremento das exportações”.


 

Nos Açores a produção de beterraba sacarina com fim industrial é exclusiva da ilha de S. Miguel . A área variou entre 3000 hectares na década de sessenta e 200 hectares actualmente.

 

 

 

A Confederação Nacional da Agricultura (CNA) acusa o Governo de, em três anos, ter “liquidado a produção de beterraba sacarina” na sequência da última reforma da Organização Comum de Mercado (OCM) do açúcar.

 

 

 

publicado por pomordez às 11:33
link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 2 seguidores

.pesquisar

.Setembro 2012

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
27
28
29
30

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. Informação

. Os desportos motorizados

. Olimpico

. rali da graciosa

. Rali sprint sanjoaninas 2...

. Ciclomotores, velocípedes...

. Sugestão para o fim de se...

. Estamos quase

. Entrudo

. Alvisseras

.arquivos

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Fevereiro 2012

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Maio 2011

. Março 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

.tags

. todas as tags

blogs SAPO

.subscrever feeds