Sábado, 26 de Setembro de 2009

era bom

Se todos aqueles que amanhã vão exercer o seu direito de voto, pudessem pensar como se tivessem mais vinte anos, certamente que se esperariam dias melhores para todos, mas...

publicado por pomordez às 11:21
link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 25 de Setembro de 2009

artigo

"Este é o maior fracasso da democracia portuguesa"

por Clara Ferreira Alves
Eis parte do enigma. Mário Soares, num dos momentos de lucidez que ainda vai tendo, veio chamar a atenção do Governo, na última semana, para a voz da rua.A lucidez, uma das suas maiores qualidades durante uma longa carreira politica. 
 A lucidez que lhe permitiu escapar à PIDE e passar um bom par de anos, num exílio dourado, em hotéis de luxo de Paris.
A lucidez que lhe permitiu conduzir da forma "brilhante" que se viu o processo de descolonização.
A lucidez que lhe permitiu conseguir que os Estados Unidos financiassem o PS durante os primeiros anos da Democracia.
A lucidez que o fez meter o socialismo na gaveta durante a sua experiência governativa.
A lucidez que lhe permitiu tratar da forma despudorada amigos como Jaime Serra, Salgado Zenha, Manuel Alegre e tantos outros.
A lucidez que lhe permitiu governar sem ler os "dossiers".
A lucidez que lhe permitiu não voltar a ser primeiro-ministro depois de tão fantástico desempenho no cargo.
A lucidez que lhe permitiu pôr-se a jeito para ser agredido na Marinha Grande e, dessa forma, vitimizar-se aos olhos da opinião pública e vencer as eleições presidenciais.
A lucidez que lhe permitiu, após a vitória nessas eleições, fundar um grupo empresarial, a Emaudio, com "testas de ferro" no comando e um conjunto de negócios obscuros que envolveram grandes magnatas internacionais.
A lucidez que lhe permitiu utilizar a Emaudio para financiar a sua segunda campanha presidencial.
A lucidez que lhe permitiu nomear para Governador de Macau Carlos Melancia, um dos homens da Emaudio.
A lucidez que lhe permitiu passar incólume ao caso Emaudio e ao caso Aeroporto de Macau e, ao mesmo tempo, dar os primeiros passos para uma Fundação na sua fase pós-presidencial.
A lucidez que lhe permitiu ler o livro de Rui Mateus, "Contos Proibidos", que contava tudo sobre a Emaudio, e ter a sorte de esse mesmo livro, depois de esgotado, jamais voltar a ser publicado.
A lucidez que lhe permitiu passar incólume as "ligações perigosas" com Angola, ligações essas que quase lhe roubaram o filho no célebre acidente de avião na Jamba (avião esse carregado de diamantes, no dizer do Ministro da Comunicação Social de Angola).
A lucidez que lhe permitiu, durante a sua passagem por Belém, visitar 57 países ("record" absoluto para a Espanha - 24 vezes - e França - 21), num total equivalente a 22 voltas ao mundo (mais de 992 mil quilómetros).
A lucidez que lhe permitiu visitar as Seychelles, esse território de grande importância estratégica para Portugal.
A lucidez que lhe permitiu, no final destas viagens, levar para a Casa-Museu João Soares uma grande parte dos valiosos presentes oferecidos oficialmente ao Presidente da Republica Portuguesa.
A lucidez que lhe permitiu guardar esses presentes numa caixa-forte blindada daquela Casa, em vez de os guardar no Museu da Presidência da Republica.
A lucidez que lhe permite, ainda hoje, ter 24 horas por dia de vigilância paga pelo Estado nas suas casas de Nafarros, Vau e Campo Grande.
A lucidez que lhe permitiu, abandonada a Presidência da Republica, constituir a Fundação Mário Soares. Uma fundação de Direito privado, que, vivendo à custa de subsídios do Estado, tem apenas como única função visível ser depósito de documentos valiosos de Mário Soares. Os mesmos que, se são valiosos, deviam estar na Torre do Tombo.
A lucidez que lhe permitiu construir o edifício-sede da Fundação violando o PDM de Lisboa, segundo um relatório do IGAT, que decretou a nulidade da licença de obras.
A lucidez que lhe permitiu conseguir que o processo das velhas construções que ali existiam e que se encontrava no Arquivo Municipal fosse requisitado pelo filho e que acabasse por desaparecer convenientemente num incêndio dos Paços do Concelho.
A lucidez que lhe permitiu receber do Estado, ao longo dos últimos anos, donativos e subsídios superiores a um milhão de contos.
A lucidez que lhe permitiu receber, entre os vários subsídios, um de quinhentos mil contos, do Governo Guterres, para a criação de um auditório, uma biblioteca e um arquivo num edifício cedido pela Câmara de Lisboa.
A lucidez que lhe permitiu receber, entre 1995 e 2005, uma subvenção anual da Câmara Municipal de Lisboa, na qual o seu filho era Vereador e Presidente.
A lucidez que lhe permitiu que o Estado lhe arrendasse e lhe pagasse um gabinete, a que tinha direito como ex-presidente da República, na... Fundação Mário Soares.
A lucidez que lhe permite que, ainda hoje, a Fundação Mário Soares receba quase 4 mil euros mensais da Câmara Municipal de Leiria.
A lucidez que lhe permitiu fazer obras no Colégio Moderno, propriedade da família, sem licença municipal, numa altura em que o Presidente era... João Soares.
A lucidez que lhe permitiu silenciar, através de pressões sobre o director do "Público", José Manuel Fernandes, a investigação jornalística que José António Cerejo começara a publicar sobre o tema.
A lucidez que lhe permitiu candidatar-se a Presidente do Parlamento Europeu e chamar dona de casa, durante a campanha, à vencedora Nicole Fontaine.
A lucidez que lhe permitiu considerar José Sócrates "o pior do guterrismo" e ignorar hoje em dia tal frase como se nada fosse.
A lucidez que lhe permitiu passar por cima de um amigo, Manuel Alegre, para concorrer às eleições presidenciais uma última vez.
A lucidez que lhe permitiu, então, fazer mais um frete ao Partido Socialista.
A lucidez que lhe permitiu ler os artigos "O Polvo" de Joaquim Vieira na "Grande Reportagem", baseados no livro de Rui Mateus, e assistir, logo a seguir, ao despedimento do jornalista e ao fim da revista.
A lucidez que lhe permitiu passar incólume depois de apelar ao voto no filho, em pleno dia de eleições, nas últimas Autárquicas.
No final de uma vida de lucidez, o que resta a Mário Soares? Resta um punhado de momentos em que a lucidez vem e vai. Vem e vai. Vem e vai.
Vai... e não volta mais.
Clara Ferreira Alves
Expresso
 

 
NOTA: A autora não mencionou o exilio "terrível" em S.Tomé, na melhor fazenda da região e junto ao clube náutico.
publicado por pomordez às 12:45
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

só sei que nada sei

Ministro das Finanças - Não sabe de nenhum banco em dificuldades.

Ministro da Economia - Não sabe que a Crise não passou.

Ministro das Obras Públicas - Não sabe que há vida para lá do Tejo.

Ministro dos Negócios Estrangeiros - Não sabe de nenhum vôo da CIA.~

Ministro da Economia - Não sabe que a mão-de-obra chinesa é mais barata.

Ministra da Saúde - Não sabe o valor da dívida do seu Ministério.

Ministro da Cultura - Não sabe o que fazer com 0,4% do orçamento de Estado.

Ministro da Agricultura - Não sabe nada.

Ministra da Educação - Não sabe que todos não é igual a todos menos 120 mil.

Ministro do Trabalho e Segurança Social - Não sabe que 6 meses de período experimental origina mais precariedade que 3 meses.
 
Ministro do Ensino Superior - Não sabe como salvar as Universidades da bancarrota.

Ministro da Administração Interna - Não sabe o que a palavra "Insegurança" quer dizer.

Ministro da Defesa - Não sabe o que fazer aos helicópteros que comprou.

Ministro dos Assuntos Parlamentares - Não sabe do que fala.

Ministro da Presidência - Não sabe que não é o Sócrates.

Ministro da Justiça - Não sabe que ainda não é ele a salvação.
 
 
Governador do Banco de PortugalSó sabe que ganha  mais de 17.000€  e muitas regalias
 
 
Primeiro - Ministro - Em principio,   sabe trabalhar com o computador Magalhães!!!!!!!!
publicado por pomordez às 12:41
link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 24 de Setembro de 2009

Não fui eu que disse

 - Não entendo porque é que se vai construir o Laboratório Regional de Veterinária na Ilha Terceira, se é em S. Miguel que se encontra a maioria das vacas dos Açores.

 

- Não entendo porque é que se construiu a sede da Assembleia Legislativa Regional na Ilha do Faial, se a maioria dos deputados são de S. Miguel.

 

- Não entendo porque é que se faz queijo de S. Jorge em S. Jorge, se é em são Miguel que está a maioria dos comedores de queijo de S. Jorge.

 

- Não entendo porque é que dizem que a Graciosa é a ilha dos Burros, se é em S. Miguel que se encontra a maioria dos Burros dos Açores.

 

- Não entendo porque é que os estrangeiros que visitam a Ilha das Flores pagam a totalidade dos bilhetes de avião, se a maioria que visita S. Miguel paga apenas uma parte.

 

- Não entendo porque é que deve pernoitar um avião da Sata na Ilha Terceira, se é em S. Miguel que ficam todos os outros.

 

- Não entendo porque é que o Governo Regional anda a investir na ilha do Pico, se não é em S. Miguel que os seus habitantes estão recenseados.

 

- Não entendo porque é que no Corvo se construiu uma escola, se a maioria dos alunos dos Açores está em S. Miguel.

 

- Não entendo porque é que a Ilha de Santa Maria tem um aeroporto, se é para S. Miguel que voa a maioria dos voos comerciais para os Açores.

 

- Não entendo porque é que se diz Região Autónoma dos Açores, se na cabeça de alguns iluminados, Açores devia ser singular e não plural.

publicado por pomordez às 10:22
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
Quarta-feira, 23 de Setembro de 2009

Maria Madalena

Quando alguns fariseus e escribas repletos de ódio e despeito acusaram a mulher adúltera exigindo seu apedrejamento, o Mestre ergue-se e diz: “O que está puro entre vós lance a primeira pedra”(Jo 8:7)

 

Quem não conhece esta passagem Bíblica

 

A tendência do homem é acusar e condenar os outros ao invés de olhar para seus próprios defeitos. É colocar-se numa atitude de superioridade e do alto de seu orgulho, apontar pecados alheios e pedir para eles a sentença da condenação. Ouve-se por aí: os outros estão errados, nós é que estamos certos.

Quem somos nós para julgar os outros? Para apedrejá-los com nossas acusações descaridosas?

 

E é vê-los, os nossos políticos, nestes últimos dias, um tal lançar primeiras pedras. É de pureza que anda cheia a nossa querida classe politica.

 

publicado por pomordez às 15:22
link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 22 de Setembro de 2009

Expliquem-me

Todas as freguesias tem, ou vão ter, Casa Mortuária, mas nem todas tem, ou vão perder, a sua Escola Primária.

publicado por pomordez às 16:22
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
Quarta-feira, 16 de Setembro de 2009

...

...sete raios de sol passavam entre as folhas curvadas de um eucalipto que ensombrava a mesa onde estávamos à volta, bem sentados nos bancos de betão, revestidos com sacos plásticos de lixo, daqueles pretos, abertos à facada pelo meu compadre que tinha ido mais cedo para arranjar lugar, e que lugar, o melhor dizia ele, não fossem aqueles "cebolas" que chegaram depois e montaram um arsenal digno de um qualquer acampamento de refugiados de uma qualquer daquelas guerras africanas, mas vamos ao que interessa, é que sobre os tais sacos de lixo ainda havia duas camadas de "mantas da tap", o que sinceramente tornava aqueles duros bancos da mata, em autênticas poltronas sem braços nem costas mas que para o efeito servia na perfeição...

publicado por pomordez às 12:22
link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 15 de Setembro de 2009

na mata da serreta

Conversa trocada entre dois candidatos a presidente de Junta de Freguesia, escutada de costas na mesa contrária durante um picnic na mata da Serreta:

 

- Olha lá, já tens o teu manifesto eleitoral pronto?

 

Dizia um dos intervenientes na conversa, enquanto roía uma coxa de galinha mal passada e ainda ensanguentada junto ao osso, que segurava entre os dedos da mão esquerda, estando a direita ocupada com um copo plástico  a transbordar vinho novo, isto a avaliar pela espuma e pelas nódoas que enfeitavam o peito da T-shirt amarelo claro bem justinha na zona abdominal, evidenciando orgulhosamente o seu volume, que era contrariado na lateral pela bolsa atada à cintura que provavelmente carregaria o telemóvel, o maço de tabaco, o isqueiro e a carteira, era na verdade um matulo que sobressaía entre a barriga do homem e as suas calças, num verde seco, que se ajustavam à cintura não com cinto, mas sim com elástico franzido, não passavam de meia canela para baixo, tinham uns bolsos laterais e arrematavam também com elástico,  era curta a distância que separava o fim das calças e o inicio das peúgas azuis que se enfiavam nuns "croc's" vermelhos, na cabeça ostentava um chapéu de palha, dos grandes, bem seguro por um elástico que lhe marcava as rosadas e gordurosas faces, só não sei se reparou em mim a observá-lo pelo canto do olho, pois o olhar não se via devido aos óculos espelhados que usava.

 

- O meu manifesto está mais do que pronto, já está impresso e tudo, disse-me o Presidente da Câmara, sai amanhã de S. Miguel e lá para o fim da semana o carteiro já o distribui.

 

Responde o amigo, ao mesmo tempo que com o antebraço direito limpa a boca e o bigode de alguma sobra de açúcar que por ali estava depois de ter abocanhado de forma impressionante metade de uma "donete" que tinha acabado de levar à boca, ao mesmo tempo levantava o pé esquerdo numa tentativa desesperada de sacudir duas folhas secas que insistiam em ficar agarradas à sola do pé transpirado e um pequeno graveto entre os dedos que seguravam a chinela verde com a bandeira do Brasil numa das arças .

 

publicado por pomordez às 11:08
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
Sábado, 5 de Setembro de 2009

alterações climáticas

A festa do Avante abriu com um espectáculo de ópera.

publicado por pomordez às 11:13
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Sexta-feira, 4 de Setembro de 2009

ninguém é alguém

Disse o engº que mais ninguém poderá vencer as eleições, que não seja ele ou Manela.

Errado.

E a abstenção, não conta?

Sim.

Só se votar.

E se a abstenção votar toda em branco?

Certo.

É "a" festa branca.

Ai sim!

Sim, e não é nenhum brasileirismo.

Não?

Sim.

publicado por pomordez às 11:38
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 2 seguidores

.pesquisar

.Setembro 2012

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
27
28
29
30

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. Informação

. Os desportos motorizados

. Olimpico

. rali da graciosa

. Rali sprint sanjoaninas 2...

. Ciclomotores, velocípedes...

. Sugestão para o fim de se...

. Estamos quase

. Entrudo

. Alvisseras

.arquivos

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Fevereiro 2012

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Maio 2011

. Março 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

.tags

. todas as tags

blogs SAPO

.subscrever feeds